Header Ads

O Papel da Mulher Cristã

O Papel da Mulher Cristã
O que torna uma esposa e uma mãe bem-sucedidas? Onde você pode encontrar uma descrição do trabalho e dos princípios práticos para aproveitar ao máximo esses papéis desafiadores?

A história humana dá uma imagem muito confusa do papel apropriado das mulheres na família e na sociedade. Em alguns casos, ela é a figura dominante, enquanto em muitas culturas e em grande parte da história ela tem sido vista como de segunda classe na melhor das hipóteses, e pouco mais do que propriedade ou bens móveis no outro extremo.

O que Deus realmente pretendia quando Ele criou Eva?

No Princípio …

A Bíblia dá muitos exemplos de mulheres, incluindo aqueles que eram justas e aquelas que eram ímpias, aquelas que eram fortes e aquelas que eram fracas. Através destes exemplos, podemos extrair lições sobre o papel pretendido de Deus para as mulheres que Ele amorosamente criou.

Se voltarmos ao princípio, em Gênesis 2:18, vemos que Eva foi criada depois de Adão como uma "ajudadora idônea" ou "ajudante comparável a" Adão. O que isto significa? Ela era apenas uma segunda ideia?

Depois de criar Adão, Deus deu a ele a tarefa de nomear todos os animais. Parece claro no versículo 20 que isso era para mostrar a Adão que nenhum deles era "comparável" ou adequado para ele. Para mostrar a Adão quão especial a mulher era, Deus a criou de uma parte do próprio Adão - sua costela, indicando assim que marido e mulher são verdadeiramente uma só carne à vista de Deus.

Então lemos: "Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne" (Gênesis 2:24). Juntos, eles estavam completos e inteiros.

Uma “ajudadora idônea”

As expressões "ajudadora" ou "auxiliadora", às vezes são vistas negativamente. Mas Deus não queria que a mulher fosse uma pessoa fraca ou inferior. A palavra hebraica traduzida como "ajudadora" ou "auxiliadora" é usada 21 vezes no Antigo Testamento, e a maioria está no contexto da ajuda que viria do próprio Deus. A ajuda de Deus não seria fraca ou inferior!



O papel que Deus criou para Eva foi o de fortalecer a família. Adão não era completo por si mesmo, e a Eva foi dada a capacidade de ajudá-lo a construir essa completude. O papel da mulher não é menor ou inferior, mas é diferente do papel do homem. E Deus não a deixa sem instrução adicional na Escritura sobre seu papel apropriado.

Entendendo a Submissão

Para muitos hoje a palavra “submeter” é um termo altamente ofensivo. Alguns vão tão longe como querendo tirá-lo inteiramente de seus votos de casamento, apesar das instruções de Deus. Por intermédio do apóstolo Paulo, Deus diz às esposas que "se submetam a seus próprios maridos, como ao Senhor" (Efésios 5:22). O que isso significa?

O Dicionário Webster define submeter como "ceder à autoridade ou ao governo ... render-se à autoridade ou à vontade de outro ... deferir ou consentir em acatar a opinião ou a autoridade de outro". A submissão é ceder, consentir à autoridade de outro, neste caso para seu marido. A submissão como Deus pretende é algo que deve ser dado, não algo que deve ser exigido ou imposto. Dentro do casamento, é um ato de amor e respeito!

Deus claramente deu ao homem o papel de líder na família (Efésios 5:23, 1 Coríntios 11:3). É importante notar que os maridos são encarregados ​​de submeter-se à autoridade de Cristo. (Deus dá ao marido mais instruções para seu papel na família, que discutiremos em um artigo sobre o papel do homem)

Uma esposa não deve submeter-se ao comportamento abusivo ou ímpio de seu marido, e um marido não deve exigir submissão de sua esposa para ceder a qualquer de seu comportamento abusivo ou ímpio. Mas quando ambos os papéis de submissão são vividos justamente, é muito mais provável que haja paz e harmonia no casamento.

Um Exemplo a Seguir

A mulher de Provérbios 31 é muitas vezes considerada o principal exemplo de mulher, esposa e mãe. O que podemos aprender desta seção da Escritura sobre o papel da mulher?

Nos versos 11 e 12, lemos que ela tem a total confiança de seu marido, porque ele sabe que não fará nada que possa prejudicar sua família. Esse tipo de confiança e compreensão não aconteceria sem uma linha aberta de comunicação entre eles. Em sua submissão a seu marido trabalha junto com ele para cumprir suas metas da família.

Então vemos que ela é confiável.

A frase "Conhece-se o seu marido nas portas, quando se assenta entre os anciãos da terra" no versículo 23 significa que seu marido é um membro respeitado da comunidade. Isto é instrutivo porque seria menos provável se ela trouxesse vergonha para ele por suas palavras ou ações.

Ela é honrada.

O louvor de seu marido (versículo 28) revela a força de seu relacionamento e seu apreço por seu trabalho. Ela é genuína e tem um coração de serviço. Ela é a guardiã ou protetora do lar - sua família (versículo 27).

Seu amor e cuidado por seus filhos também é evidente. Ela olha para as suas necessidades (versos 15 e 21) e garante que eles têm boa comida e roupas adequadas. O fato de que seus filhos a louva (verso 28) mostra que lhes foram ensinados respeito e apreciação dos esforços dos outros.

Ela é uma mãe amorosa.

Esta mulher forte tem um impacto muito além de apenas sua própria família. Ela é justa com aqueles que trabalham para ela (versículo 15), ajuda os menos afortunados (versículo 20) e é sempre sábia com suas palavras, nunca entrando em fofocas ou loucura (versículo 26).

Ela é uma mulher piedosa.

Esta mulher também tem uma boa cabeça para os negócios. Lemos que ela compra um campo, faz um lucro e, em seguida, investe em uma vinha (versículo 16). Ela ainda tem seu próprio negócio (versículo 24) e é competente com todos os aspectos de fabricação e comercialização. Ela é diligente e trabalhadora, e podemos ver por que seu marido confia tanto nela!

Ela é sábia e engenhosa.

O que encontramos é um retrato de uma mulher forte, confiante e piedosa. Ela reconhece seus talentos e os usa bem. Enquanto ela está envolvida em muitas atividades dentro e fora de casa, o centro de tudo - o centro em torno do qual tudo gira - é a família dela.

Novo Testamento Aplicação

Vemos algumas dessas mesmas características nas instruções de Paulo às mulheres em Tito 2. Ele incentiva as mulheres mais idosas a "ensinar as mulheres novas a amarem aos seus maridos e filhos, a serem moderadas, castas, operosas donas de casa, bondosas, submissas a seus maridos, para que a palavra de Deus não seja blasfemada" (versículos 4-5).

E quanto ao conceito de ser uma "dona de casa"? A instrução para que uma mulher seja uma "dona de casa" significa que ela nunca deve trabalhar fora de casa ou participar de outras atividades fora da casa? A mulher de Provérbios 31 está em conflito com as instruções de Paulo a Tito?

O grego em Tito é mais claramente entendido como "guardiãs da casa". Ser um guardião é um trabalho importante. Significa ser confiado com a segurança e a proteção de algo ou de alguma outra pessoa.

Esse "algo" é a família dela! Quaisquer que sejam as atividades em que uma mulher participe - trabalhando fora de casa ou se voluntariando ou buscando passatempos - o foco principal de tudo isso deve ser a proteção, o fortalecimento e a construção de sua família.

Ela Tem Limites?

Há coisas que uma mulher não deve fazer por causa de seu gênero? Deus dá algumas instruções.

Em 1 Coríntios 14:34, as mulheres são instruídas a "guardar silêncio" nas igrejas. O que Paulo está dizendo aqui? É uma mulher fechar os lábios no momento em que ela entra na porta do edifício da igreja e não dizer outra palavra até que ela saia? Ou será que, como muitos hoje querem reivindicar, meramente uma instrução para satisfazer as normas culturais da época?

O Comentário Bíblico do Expositor afirma: "Paulo agora se volta para o papel das mulheres na adoração pública, a implicação sendo de que os homens devem liderar na adoração". A referência é a pregação formal feita durante os cultos na igreja.

O Expositor continua: "O mandamento parece absoluto: as mulheres não devem fazer qualquer discurso público na Igreja. Esta restrição não deve ser interpretada como o rebaixamento das mulheres". Os únicos exemplos do Novo Testamento de pregação pública eram pelo ministério ordenado da Igreja - sempre homens (1 Timóteo 3: 1). Simplesmente não é um papel que Deus deu às mulheres.

Considere também 1 Timóteo 2:11-12. Paulo não pode proibir que as mulheres ensinem, porque há muitos exemplos bíblicos de mulheres ensinando (2 Timóteo 1:5, Tito 2:3-4, para citar alguns). Então isso deve estar falando de uma circunstância específica.

A palavra grega para "autoridade" é authenteo, o que significa dominar ou superioridade. Paulo está dizendo que não colocou mulheres nos papéis da Igreja que deveriam ser cumpridos por um homem. Um dos papéis definidos na Escritura é o de pastor, ministro da Palavra de Deus. Este papel Deus reservou para os homens.

No entanto, isso não impede que as mulheres desempenhem muitos outros papéis.
  • Miriam (irmã de Moisés) compôs e cantou uma canção de louvor (Êxodo 15:20-21) e foi referida como uma profetisa.
  • Débora serviu como juíza em Israel (Juízes 4 e 5). Encontramos em Juízes 4:4-5 que os "filhos de Israel" (e não apenas as mulheres) iam a ela para julgamento.
  • Priscila trabalhou junto com seu marido, Áquila, em vários contextos, inclusive ensinando as Escrituras a um indivíduo (Atos 18:26).
No dia de Pentecostes, Pedro cita Joel 2:28 para mostrar que sempre foi intenção de Deus que tanto homens quanto mulheres recebessem igualmente o dom do Espírito Santo (Atos 2:17-18). Gálatas 3:28 também mostra que o gênero não importa quando nos tornamos filhos de Deus.

Estes, juntamente com muitos outros exemplos bíblicos, mostram mulheres fortes, competentes e piedosas desempenhando papéis importantes.

Aplicações para Solteiras e Viúvas

Mas e se uma mulher é solteira ou viúva? Como esses princípios se aplicam a uma mulher que não tem marido?

Olhe novamente em Efésios 5:22, onde nos é dito que uma mulher deve submeter-se ao seu "próprio" marido. Paulo não diz que uma mulher deve se submeter a todo homem. Se uma mulher não tem um marido, ela é por padrão cabeça de sua casa. (Uma exceção óbvia é se ela ainda estiver vivendo em casa, nesse caso ela deve se submeter a seus pais como cabeça da casa - como um jovem deve fazer se ele está vivendo em casa). No entanto, ela deve sempre submeter-se à autoridade de Cristo como cabeça final sobre sua unidade familiar.

O fato de que uma mulher não tem um marido não muda as instruções dadas a ela sobre seu papel nos cultos. A estrutura da "casa espiritual" da congregação não muda porque uma mulher é solteira ou viúva. Se ela tem uma pergunta que não pode encontrar uma resposta, ela deve ir a um dos que são configurados como líderes na congregação. Isto seguiria o princípio de uma mulher casada indo ao seu marido como o líder em sua família.

A Mulher Piedosa

A história mostra que o papel adequado das mulheres tem sido amplamente mal interpretado. No entanto, o propósito de Deus estava claro desde o início, com a criação de Eva. Deus a projetou para ter um papel muito importante na família física e na família espiritual de Deus, agora e para a eternidade.

Sua criação, como a de Adão, foi única. Ela foi apresentada ao marido como alguém para completá-lo. Ela não é menor ou inferior, mas tem um papel especial para preencher como guardiã da família. Forte, engenhosa, resiliente, sábia, amorosa, terna e educada são palavras para descrever a mulher, que Deus projetou para ser a contraparte perfeita para o homem. E seu potencial espiritual, assim como com um homem, é ser um filho de Deus (Gálatas 3:28) em Seu Reino para toda a eternidade!

Você deseja ser um pregador? Preparar seus próprios sermões? Tenho uma grande novidade para você!

Kit Curso Pregador Completo! Como preparar sermões e pregar a Bíblia! Conheça as ferramentas e técnicas para se tornar um exímio pregador e um orador eficaz!

Se você deseja um curso prático para se tornar um grande Pregador, terá à disposição um excelente material! Clique Aqui para adquirir seu kit.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.