Header Ads

Ferramentas para nos ajudar a superar a tentação

Ferramentas para nos ajudar a superar a tentação
1 Coríntios 10:13 “Não vos sobreveio nenhuma tentação, senão humana; mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação dará também o meio de saída, para que a possais suportar”

Há certas coisas que cada um de nós vai enfrentar na vida. Uma dessas coisas é a tentação de pecar. A Bíblia nos ensina que "Cada um, porém, é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência" (Tiago 1:14). Tiago continuou mostrando o resultado final de alguém que se entregou à tentação: "então a concupiscência, havendo concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte" (Tiago 1:15).

Lamentavelmente, todos os homens e mulheres responsáveis devem reconhecer que houve momentos em que eles se entregaram à tentação e pecaram. "Se dissermos que não temos pecado, estamos enganando a nós mesmos e a verdade não está em nós" (1 João 1:8). A Escritura claramente diz: "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" (Romanos 3:23).

Apesar disso, podemos encontrar encorajamento na promessa de Deus sobre a tentação: "Não vos sobreveio nenhuma tentação, senão humana; mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação dará também o meio de saída, para que a possais suportar" (1 Coríntios 10:13).

Não há nenhuma tentação que enfrentamos que é exclusivo para nós. Outros não só experimentaram a tentação, como também a superaram. Temos a promessa, apoiada pelo nosso Deus infalível, de que, quando a tentação chegar, haverá uma maneira de escapar. Podemos suportá-la. Podemos superar.

Sabendo que cada tentação que enfrentamos pode ser superada, devemos nos esforçar para a perfeição. Como João escreveu: "Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis..." (1 João 2:1). Deus prometeu o caminho da fuga e que podemos vencer a tentação. O que Ele nos deu que, quando usado corretamente, nos ajudará a fazer isso?

Ele nos deu Sua Palavra - Quando Jesus foi tentado pelo diabo, Ele respondeu a cada tentação citando as Escrituras (Mateus 4:4, 7, 10). A palavra de Deus nos mostra o que é certo e o que é errado. Através dos mandamentos, instruções e exemplos contidos nela, Ele nos disse o que fazer e o que evitar, a fim de agradá-Lo.

Ele nos deu a capacidade de pensar e lembrar - Ao "acostumar-se à palavra" e praticá-la, aprendemos a "discernir o bem e o mal" (Hebreus 5:13-14). Devemos estudar a Palavra de Deus para que possamos recordá-la quando somos tentados. O salmista disse: "Escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti" (Salmo 119:11).

Ele nos deu livre-arbítrio - Seremos tentados. Deus também disse que haverá uma maneira de escapar de cada tentação. Portanto, sabemos que nunca encontraremos uma situação em que nossa única opção seja o pecado. Nós sempre teremos a opção de fazer o que é certo. Os seres humanos não nascem totalmente depravados - inerentemente inclinados para o mal - como algumas pessoas ensinam. Podemos escolher pecar ou podemos escolher vencer. De qualquer maneira, a escolha a fazer é nossa.

Deus providenciou tudo o que precisamos para vencer a tentação. Cabe a nós aproveitar o que Ele deu. Deus "deseja que todos os homens sejam salvos" (1 Timóteo 2: 4), mas devemos usar as ferramentas que Ele forneceu - que são mais do que suficientes - para resistir ao diabo e submeter-se a Deus (Tiago 4:7).

Você deseja ser um pregador? Preparar seus próprios sermões? Tenho uma grande novidade para você!

Kit Curso Pregador Completo! Como preparar sermões e pregar a Bíblia! Conheça as ferramentas e técnicas para se tornar um exímio pregador e um orador eficaz!

Se você deseja um curso prático para se tornar um grande Pregador, terá à disposição um excelente material! Clique Aqui para adquirir seu kit.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.