Header Ads

O que é o estudo teológico da eclesiologia?

O que é o estudo teológico da eclesiologia?
A eclesiologia vem das palavras gregas eclésia (igreja / assembleia) e logia (estudo de) e refere-se ao estudo da igreja. Na teologia sistemática cristã, a eclesiologia é uma das principais áreas de estudo e investiga o que a Bíblia ensina sobre a igreja tanto universal (todos os crentes em Cristo) quanto local (reuniões locais de crentes em Cristo).

As áreas comuns de estudo dentro da eclesiologia incluem:

Definições da Igreja: O Novo Testamento usou a palavra grega ekklesia aproximadamente 114 vezes. Enquanto alguns usos da palavra se referem a uma assembleia de pessoas além de uma ênfase religiosa, a maioria das ocorrências identifica a igreja universal ou igrejas locais (grupos locais de cristãos). De especial importância é o fato de que uma igreja na Bíblia sempre se refere a pessoas, não a edifícios, como muitas pessoas entendem o termo hoje. No Novo Testamento, os cristãos não iam à igreja; os cristãos eram a igreja.

O (s) Propósito (s) da Igreja: O Novo Testamento menciona muitos propósitos da igreja, alguns dos quais exemplificados no quadro da primeira igreja encontrada em Atos 2:42-47. Estes incluem adoração, ensino, comunhão, serviço, evangelismo e oração.

Os Rituais da Igreja: A Eclesiologia também considera quais ritos são apropriados para a Igreja Cristã. Os protestantes incluem apenas os rituais bíblicos explicitamente listados no Novo Testamento, incluindo o batismo e a Comunhão (também chamada de Ceia do Senhor). O batismo em particular é vivamente debatido entre diferentes tradições cristãs, tipicamente no que diz respeito ao modo de batismo e se deve ser limitado aos crentes ou deve incluir os bebês. A Ceia do Senhor é observada por todas as tradições cristãs, embora seu significado seja entendido diferentemente entre os vários ramos das igrejas cristãs de hoje.

O Papel da Liderança da Igreja / Governo da Igreja: Muita ênfase na eclesiologia é colocada na consideração da liderança da igreja. Algumas tradições insistem que os presbíteros devem ser líderes primários da igreja, enquanto outros enfatizam mais o papel dos diáconos (1 Timóteo 3, Tito 1:5-9). Além disso, o papel das mulheres na liderança da igreja recebe muita atenção. Além disso, como os líderes da igreja são escolhidos e como as decisões da igreja são feitas são abordados em comprimento dentro da eclesiologia. Por exemplo, alguns defendem igrejas lideradas por congregações enquanto outros preferem que a maioria das decisões sejam tomadas por presbíteros e / ou pastores nomeados.

O papel dos membros da Igreja: Como a Bíblia ensina a importância de cada pessoa em Cristo e do sacerdócio de cada crente, a eclesiologia procura entender o que a Bíblia ensina sobre o papel dos membros da igreja e da filiação. Algumas igrejas definem com muito cuidado regras e responsabilidades de membros da igreja. Outros seguem o modelo das igrejas primitivas, com menos requisitos formais e um alto nível de expectativa em relação ao envolvimento e compromisso.

Em resumo, a eclesiologia é essencial para todos os cristãos, uma vez que nos guia para uma compreensão bíblica de como os cristãos se relacionam uns com os outros, com Deus e com os incrédulos. Uma compreensão firme da eclesiologia nos beneficia pessoalmente à medida que aprendemos a ajudar a proporcionar o crescimento saudável da igreja e a honrar a Deus.

Você deseja ser um pregador? Preparar seus próprios sermões? Tenho uma grande novidade para você!

Kit Curso Pregador Completo! Como preparar sermões e pregar a Bíblia! Conheça as ferramentas e técnicas para se tornar um exímio pregador e um orador eficaz!

Se você deseja um curso prático para se tornar um grande Pregador, terá à disposição um excelente material! Clique Aqui para adquirir seu kit.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.