Header Ads

A aplicação da sabedoria: O sofrimento

A aplicação da sabedoria: O sofrimento
O sofrimento é uma realidade da vida. Jó disse: "O homem, nascido da mulher, é de poucos dias e cheio de inquietação" (Jó 14:1). Jó certamente experimentou mais problemas na vida do que a maioria, mas o sofrimento existe para todos nós.

O livro de Provérbios contém instruções que nos ajudarão a lidar com os problemas desta vida.

Lidando com o nosso próprio sofrimento

O sofrimento da primeira pessoa com o qual temos de aprender a lidar é o nosso. Para fazer isso, precisamos entender as realidades e desafios que enfrentamos durante os tempos difíceis.
"A esperança adiada entristece o coração; mas o desejo cumprido é árvore de vida" (13:12).
É natural que circunstâncias decepcionantes nos afetem. Quando os acontecimentos da vida ocorrem como esperamos, o sábio descreve isso como "árvore de vida". No entanto, quando a esperança é adiada, significando que aquilo que desejamos não é alcançado, tem um impacto negativo sobre nós. Lidar com o sofrimento não significa que ignoramos a realidade dele ou negamos que pode ser um desafio. Fazê-lo só nos prepara para ser superado por ele.
"O coração conhece a sua própria amargura; e o estranho não participa da sua alegria" (14:10).
Ao fazer um ponto sobre a revelação divina, Paulo expressou uma verdade fundamental sobre os pensamentos do homem: "Pois, qual dos homens entende as coisas do homem, senão o espírito do homem que nele está?" (1 Coríntios 2:11). Cada pessoa está bem familiarizada com as dores que experimenta na vida. Os estranhos não têm a percepção dos pensamentos que ele tem. Assim, enquanto outros podem tentar ajudar quando alguém está sofrendo, tal ajuda nem sempre parece adequada. Isto não é porque aqueles que tentam ajudar não estão tão preocupados quanto deveriam estar. É simplesmente porque é impossível para eles conhecer os pensamentos, circunstâncias e experiências do sofredor.
"O coração alegre aformoseia o rosto; mas pela dor do coração o espírito se abate" (15:13).
O sofrimento dentro do coração muitas vezes afeta como se apresenta diante dos outros. Embora haja momentos em que se pode tentar esconder sua tristeza (14.13), geralmente, indica-se através das expressões faciais e da linguagem corporal o humor de seu coração. Porém, Salomão nos diz que "quando o coração está triste, o espírito se abate". A tristeza, particularmente a dor excessiva e prolongada, torna difícil para a vida espiritual ser saudável. Se permitimos que as dificuldades e as calamidades desta vida nos façam esquecer as grandes bênçãos e promessas de Deus, então passamos de um estado de dificuldade para um desespero absoluto.
"Todos os dias do aflito são maus; mas o coração contente tem um banquete contínuo" (15:15).
O homem sábio contrasta alguém que está "aflito" com alguém que tem "o coração contente". A implicação é que aquele que está "aflito" não é apenas aquele que enfrenta circunstâncias difíceis (o que todos nós fazemos), mas refere-se a aquele cuja atitude é tal que ele chegou ao ponto em que seu "espírito está abatido" (15:13). Para essa pessoa sem perspectivas positivas ou esperança, todos os dias serão ruins. Mas aquele que tem um "coração contente", embora possa ter problemas na vida, pode ter um "banquete contínuo" ao reconhecer que as bênçãos que ele tem que vêm de cima.
"O coração alegre serve de bom remédio; mas o espírito abatido seca os ossos" (17:22).
Este versículo menciona a importância de ter uma perspectiva positiva. O "espírito abatido", que esqueceu a bondade que Deus nos mostra, "seca os ossos". Mais tarde, Salomão pergunta: "O espírito do homem o sustentará na sua enfermidade; mas ao espírito abatido quem o levantará?" (18:14). Em contraste, ter um "coração alegre" nos faz bem. Isso não está descrevendo o coração de alguém que ignora os problemas da vida e se permite manter uma falsa esperança. Em vez disso, aquele com "coração alegre" é aquele que reconhece o bem com o qual Deus o abençoou e as promessas dos fiéis, apesar de suas circunstâncias.

Lidando com o sofrimento dos outros

Todos nós podemos ver que o sofrimento é uma realidade em nossas próprias vidas. Mas devemos reconhecer que outros enfrentam problemas na vida também. Não podemos nos concentrar apenas em nós mesmos. Devemos tentar ajudar os outros quando estão sofrendo. Mas devemos ter cuidado para que ofereçamos o tipo certo de ajuda, senão só podemos tornar o seu sofrimento pior.
"Até no riso terá dor o coração; e o fim da alegria é tristeza" (14:13).
É possível que alguém esteja sofrendo, mas não o percebemos porque tenta encobri-lo por trás de uma fachada de riso e alegria. Este é um lembrete para nós que não devemos ser demasiado rápidos para descartar a possibilidade de que alguém pode precisar de nosso encorajamento, apoio ou simpatia, mesmo que eles tentem mostrar um rosto alegre quando eles estão passando por dificuldades.
"O que entoa canções ao coração aflito é como aquele que despe uma peça de roupa num dia de frio, e como vinagre sobre a chaga" (25:20).
O ponto de Salomão neste versículo é simplesmente que algumas coisas não são apropriadas em certas situações. Pode haver um momento para remover um casaco, mas não em um dia frio. Vinagre numa ferida, provoca uma reação, tornando a dor maior ainda. Há um tempo para cantar canções, particularmente em um tempo de alegria (ver Tiago 5:13). Mas tal alegria descuidada não é apropriada, e muitas vezes indesejável, quando se está passando por um período de dor. Devemos fazer o nosso melhor para estar conscientes dos sentimentos e dificuldades dos outros, para não agirmos de forma inadequada, causando assim dor adicional ao seu já "coração aflito".

Próximo: A Aplicação da Sabedoria: O Álcool

Você deseja ser um pregador? Preparar seus próprios sermões? Tenho uma grande novidade para você!

Kit Curso Pregador Completo! Como preparar sermões e pregar a Bíblia! Conheça as ferramentas e técnicas para se tornar um exímio pregador e um orador eficaz!

Se você deseja um curso prático para se tornar um grande Pregador, terá à disposição um excelente material! Clique Aqui para adquirir seu kit.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.