Header Ads

O que a Bíblia diz sobre a violência doméstica ou abuso?

O que a Bíblia diz sobre a violência doméstica ou abuso?
A Bíblia diz alguma coisa sobre violência doméstica ou abuso? Se diz, o que diz?

As leis da terra

Não há margem para dúvidas na avaliação de Paulo sobre o lugar das autoridades locais, estaduais e o governo na sociedade, incluindo aqueles na aplicação da lei. Ele escreve para a igreja em Roma, "Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus" (Romanos 12:1-2). Obviamente, isso significa que as agências de aplicação da lei também "é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador em ira contra aquele que pratica o mal" (Romanos 13:4). Isso não significa que eles próprios podem quebrar a lei, mas o papel deles na sociedade é servir e proteger os cidadãos. É por isso que "é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa da ira, mas também por causa da consciência" (Romanos 12:5).

Como Deus olha para o ódio

Quando Jesus estava falando para as multidões, Ele disse; "Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; e, Quem matar será réu de juízo. Eu, porém, vos digo que todo aquele que se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e quem disser a seu irmão: Raca, será réu diante do sinédrio; e quem lhe disser: Tolo, será réu do fogo do inferno" (Mateus 5:21-22). O apóstolo João escreveu: "Todo o que odeia a seu irmão é homicida; e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele" (1 João 3:15), de modo que o padrão de Deus para nós não é xingamentos, mas "Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos" (Mateus 5:44-45). Odiar alguém e assassina-lo em seu próprio coração, mesmo que isso não seja realizado no real, a última coisa que precisamos neste mundo é mais ódio.

Divórcio e Separação

Sabemos que o casamento se destina a ser para toda a vida, ou "até que a morte os separe", mas quando há adultério em curso por um dos cônjuges e se recusa a arrepender-se, então, ele pode se divorciar, o que é apoiado pela bíblia, mas o divórcio é sempre um último recurso. Alguns teólogos veem a declaração do Apóstolo Paulo que, se um incrédulo se apartar, o outro cônjuge não está mais preso pelo casamento (1 Coríntios 7:15-16), mas não há um consenso geral sobre isso, mas quando há violência física em casa, é claro para todos que o cônjuge que está sendo abusado, violentado deve imediatamente sair dessa casa e se mudar para um "lugar seguro", onde quer que seja. Mas isso não é tudo. A pessoa abusada também deve entrar em contato com as autoridades e relatar este crime, como sendo em submissão à ordem de Deus que todos nós devemos obedecer à lei (Romanos 12:1-4). Uma vez que é ilegal não denunciar um crime e, pior ainda, se for um crime violento, o cônjuge abusado por todos os meios deve fazer um relatório as autoridades locais. O ofensor não pode ficar sem enfrentar as consequências. Quando há crianças envolvidas, uma ação ainda mais imediata deve ser tomada, como retirar as crianças para a proteção e segurança delas. É preciso muito menos força para infligir danos graves a uma criança do que a um adulto. Não se preocupe com a questão do casamento neste ponto; apenas saia da casa e relate isso para as autoridades. Denuncie se alguma vez acontecer com você ou com alguém que você conhece, porque você não pode deixar isso continuar. Alguém pode ficar seriamente ferido, ou pior, ser morto.

Um novo coração

Aqueles que são abusadores podem ter sido abusados, mas isso não deve nunca ser considerado como desculpa. Continua sendo errado, não importa qual seja a história pessoal da pessoa. Se o passado dessa pessoa a leva ao ponto de abusar de alguém, ela deve procurar aconselhamento imediatamente, porque um monte de pessoas inocentes pode se machucar. O problema pode ser que ele nunca confiou em Cristo. Ele, como todos os cristãos, precisa de um transplante de coração. Antes de confiarmos em Cristo, tínhamos o mesmo problema de coração como o antigo Israel; tínhamos corações de pedra. Ezequiel escreveu, em relação a Israel, mas com aplicação para nós antes de sermos salvos, "Também vos darei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne" (36:26). Jeremias também escreveu: "E dar-lhes-ei coração para que me conheçam, que eu sou o Senhor; e eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus; pois se voltarão para mim de todo o seu coração" (24:7). Não é tanto a quem este verso foi escrito, mas o fato de que as pessoas a quem esse verso foi escrito eram como nós; elas precisavam de um novo coração, e não corações de pedra, que nada pode penetrar neles. Até que o problema do coração seja resolvido, a questão da violência nunca vai acabar.

Conclusão

Se você ou alguém que você conhece está sofrendo abuso ou violência doméstica, mas tem medo de dizer a alguém, você deve comunicar o fato imediatamente. Não há nenhuma lei, e não há nenhum ensino da Bíblia que justifique a violência doméstica, por qualquer razão, e sob quaisquer circunstâncias. A única violência que se justificaria em casa é quando alguém invade sua casa e você está tentando defender a vida de sua família, no entanto, a Bíblia é clara sobre a violência doméstica, e isso é pecado, e é também um pecado não relatar as autoridades. Caso não o faça, pode ser fatal para alguém.

Você deseja ser um pregador? Preparar seus próprios sermões? Tenho uma grande novidade para você!

Kit Curso Pregador Completo! Como preparar sermões e pregar a Bíblia! Conheça as ferramentas e técnicas para se tornar um exímio pregador e um orador eficaz!

Se você deseja um curso prático para se tornar um grande Pregador, terá à disposição um excelente material! Clique Aqui para adquirir seu kit.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.